Pesquisa abre esperança para detectar casos de câncer a partir do exame de sangue

Cientistas acabam de divulgar que estão muito perto de desenvolver um teste de sangue universal capaz de identificar todos os tipos de câncer. O estudo foi feito por uma equipe da Universidade Johns Hopkins, dos EUA, junto a 1005 pacientes. O teste consistiu na aplicação de um método que detectou oito tipos de proteína e 16 mutações genéticas comuns em pacientes que já tinham desenvolvido a doença. Neste estudo, oito tipos de câncer foram identificados. O exame, denominado “cancerseek”, foi considerado bem-sucedido pela equipe norte-americana em 70% dos casos.  Tumores normalmente liberam vestígios minúsculos de DNA alterado na corrente sanguínea. É justamente essa a estratégia do exame, ou seja, colher amostras de sangue com o objetivo de identificar a doença mais rapidamente, aumentando as chances de cura. Os achados foram divulgados pela publicação científica Science e avaliados como promissores. Especialistas, porém, consideram precoce considerá-lo ainda como eficaz, já que os testes são preliminares e há muitas incertezas para serem investigadas.

No caso da pesquisa da Universidade Johns Hopkins, o exame de sangue conseguiu identificar alterações na maioria dos pacientes que tinham sido diagnosticados com a doença no ovário, fígado, estômago, pâncreas, cólon, pulmão, esôfago e mama, mas que não tinha metástase. Alguns desses tipos de câncer objetos do estudo dificilmente são identificados com ultrassom, o que reforça a importância desse exame complementar. Casos no pâncreas, por exemplo, normalmente só apresentam sintomas em estágio avançado. A partir de agora, a equipe que coordenou a pesquisa passará a concentrar o trabalho em pessoas que ainda não foram diagnosticadas com câncer, com o objetivo de detectar, por meio do exame de sangue, a doença ainda em seu estágio inicial. Os cientistas observam que esse exame, se aprovado no futuro, deveria ser feito uma vez por ano. O valor de cada teste, segundo os pesquisadores, é de aproximadamente US$ 500 por paciente, cerca de R$ 1,6 mil.

Fonte: BBC News

 

 

As informações contidas neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exame e/ou o tratamento médico. Em caso de dúvidas, fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas.

Resp. Técnico - Dr. Fernando Zapparoli • CRM 108928 (SP) • 40021 (MG)

Compartilhar:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on print
Share on email

onde estamos

BARRETOS

Instituto de Medicina Avançada (IMA)

Avenida 25, 833 (Entre as Ruas 20 e 22)
Centro – Barretos | SP

SÃO JOSÉ DO RIO PRETO

INCA | Instituto do Câncer - Rio Preto

Rua Jaci, 3134 – Vila Redentora
São José do Rio Preto – SP

fale conosco

CONTATO

Para agendamento de consultas, dúvidas, ou sugestões, fale com a gente!

BARRETOS

Instituto de Medicina Avançada (IMA)

SÃO JOSÉ DO RIO PRETO

INCA | Instituto do Câncer - Rio Preto

Open chat