Hidrocele em Adultos

O que é Hidrocele?

A hidrocele é definida como o acúmulo de líquido seroso no interior da túnica vaginal do testículo unilateralmente ou bilateral, normalmente com evolução crônica (vai aumentando com o passar dos meses) em adultos. Acometendo normalmente indivíduos com idade superior a 40 anos.

Hidrocele

Quais são os sintomas da Hidrocele?

Crescimento do volume dos testículos, normalmente ocorrendo em um dos lados, porém pode ser bilateral. Costuma ser indolor, porém sintomas como sensação de peso e dor local (dor nos testículos) ao andar acompanham hidroceles de maior volume.

Quais são as causas da Hidrocele?

A principal causa de hidrocele no adulto é o desequilíbrio entre a secreção e a absorção de fluidos na túnica vaginal escrotal.

Podendo ser decorrente de uma complicação de epididimite, torção, neoplasia testicular, trauma testicular ou abdominal. Também pode ser causada por danos aos vasos linfáticos durante cirurgia inguinal ou de varicocele.

Como é feito o diagnóstico de Hidrocele?

O diagnóstico de hidrocele é feito pelo médico urologista através da história clínica (anamnese) e exame físico. Confirmado por exames complementares.

A – História clínica:

Aumento progressivo e indolor de um dos testículos ao longo dos meses. Podendo causar dor e desconforto ao andar. Também pode prejudicar qualidade de vida, autoestima e desempenho sexual do paciente com hidrocele de grande volume.

B – Exame físico:

• Inspeção e palpação da região escrotal.

• Transluminação testicular, que consiste em iluminar o testículo com luz forte e olhar presença ou ausência de líquidos aumentados na bolsa escrotal, o que auxilia a diferenciar a hidrocele de massas escrotais sólidas, hérnia inguino-escrotal ou hematocele.

Qual o papel da ultrassonografia na Hidrocele?

A Ultrassonografia de bolsa escrotal deve ser solicitada:

• Caso o exame clínico seja inconclusivo

• Sempre que não for possível palpar adequadamente o testículo

• Na hidrocele de início súbito (para excluir neoplasia ou condições inflamatórias agudas)

• Nos casos em que se considera a indicação cirúrgica.

Tratamento

O tratamento mais recomendado nos casos sintomáticos ou que atrapalhe a qualidade de vida do paciente é o cirúrgico. Cirurgia tradicional (hidrocelectomia) é a que tem melhores resultados. Realizada em caráter hospitalar, com raquianestesia e sedação para maior conforto e segurança do paciente. Não se recomenda a punção pela alta taxa de recidiva.

Internação curta de menos de 24 horas. Muitas vezes paciente opera cedo e tem alta hospitalar à tarde. Há necessidade de repouso relativo por 10-21 dias para melhor cicatrização da área operada (incisão em área escrotal).

As informações contidas neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exame e/ou o tratamento médico. Em caso de dúvidas, fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas.

Resp. Técnico - Dr. Fernando Zapparoli • CRM 108928 (SP) • 40021 (MG)

Compartilhar:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on print
Share on email

onde estamos

BARRETOS

Instituto de Medicina Avançada (IMA)

Avenida 25, 833 (Entre as Ruas 20 e 22)
Centro – Barretos | SP

SÃO JOSÉ DO RIO PRETO

INCA | Instituto do Câncer - Rio Preto

Rua Jaci, 3134 – Vila Redentora
São José do Rio Preto – SP

fale conosco

CONTATO

Para agendamento de consultas, dúvidas, ou sugestões, fale com a gente!

BARRETOS

Instituto de Medicina Avançada (IMA)

SÃO JOSÉ DO RIO PRETO

INCA | Instituto do Câncer - Rio Preto

Open chat