Bacteriúria Assintomática

O que é?

A bacteriúria assintomática (BA) é o crescimento bacteriano que ocorre sem qualquer sintoma perceptível, sendo bastante comum e ocorre como uma colonização bacteriana comensal (oportunista).

Estudos clínicos têm mostrado que a BA pode, em alguns casos, proteger o hospedeiro (humano) de infecções urinárias sintomáticas e muitas vezes o tratamento com antibióticos (sem critérios) pode selecionar bactérias nocivas que causem sintomas e danos.

BACTERIÚRIA ASSINTOMÁTICA É COMUM?

Estima-se sua ocorrência em 1 a 5% das mulheres pré-menopausa, aumentando para 4 a 19% nas mulheres após menopausa. Nos indivíduos com diabetes sua incidência é de 0,7 a 27%. Nas mulheres grávidas é de 2 a 10 %. Na população de asilos com idade superior a 75 anos é de 15 a 50%. Em indivíduos com lesão medular a prevalência pode chegar até 23 a 89%.

A bacteriúria assintomática em homens jovens é bastante incomum e quando é detectada, normalmente, é devida a prostatite crônica.

DIAGNÓSTICO DA BACTERIÚRIA ASSINTOMÁTICA

Na ausência de qualquer sintoma urinário a bacteriúria assintomática é diagnosticada pelo crescimento bacteriano ≥ 105 cfu/mL em duas culturas urinárias consecutivas em mulheres e 1 cultura única em homens. Caso a coleta seja por meio de cateter introduzido na bexiga de forma limpa, um único crescimento ≥ 102 cfu/mL é suficiente para o diagnóstico de bacteriúria assintomática para ambos os sexos.

A cistoscopia ou exames por imagem do trato urinário superior não são mandatórios na maioria das vezes. Em homens o toque prostático deve ser sempre realizado.

TRATAMENTO DA BACTERIÚRIA ASSINTOMÁTICA

TRATAMENTO:

Didaticamente dividindo a população em grupos de risco para a bacteriúria assintomática:

A – Sem fatores de risco: não tratar com antibióticos
B – Mulheres grávidas: tratar por 2 a 7 dias
C – Pacientes diabéticos
D – Antes de procedimentos urológicos

A.1 – Tratamento da bacteriúria assintomática em indivíduos sem qualquer fator de risco:

A bacteriúria assintomática em adultos não diabéticos, mulheres fora do período de gravidez ou sem qualquer outro fator de risco para queda de imunidade o tratamento da bacteriúria assintomática não encontra suporte na literatura atual. Não havendo recomendação para seu tratamento.

A.2 – Tratamento da bacteriúria assintomática de pacientes sem fatores de risco e com infecções urinárias sintomáticas recorrentes:

Compreensão do tema é um pouco difícil por parte dos pacientes, porém o tratamento com antibióticos nos casos de bacteriúria assintomática em pacientes sem fatores de risco e que tenham infecções sintomáticas recorrentes não é recomendado, uma vez que, poderia proteger o indivíduo dos episódios de infecção sintomática.

B- Tratamento de bacteriúria em mulheres grávidas:

Recomenda-se o tratamento da bacteriúria assintomática em mulheres grávidas com antibióticos por período curto de 2 a 7 dias. O uso de antibióticos em dose única teve menos sintomatologia (efeitos adversos) para a mãe, porém com maior taxa de crianças com baixo peso ao nascer. Apesar dos estudos sobre o tema serem de baixa qualidade metodológica.

C – Pacientes diabéticos

Pacientes diabéticos não adequadamente tratados, ou seja, com a glicemia permanentemente alterada têm benefício do tratamento. Os pacientes com glicemia controlada e não muito idosos o tratamento não é fortemente recomendado.

D – Antes de Ressecção transuretral de Próstata ou Bexiga

Sempre que estiver indicada uma cirurgia onde o epitélio de revestimento urinário (urotélio) for violado como, por exemplo, em uma RTU de próstata ou de bexiga, devemos realizar uma cultura de urina e caso venha positiva é necessário tratamento por 1 dia ou por 3 dias previamente ao procedimento cirúrgico.

As informações contidas neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exame e/ou o tratamento médico. Em caso de dúvidas, fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas.

Resp. Técnico - Dr. Fernando Zapparoli • CRM 108928 (SP) • 40021 (MG)

Compartilhar:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on print
Share on email

onde estamos

BARRETOS

Instituto de Medicina Avançada (IMA)

Avenida 25, 833 (Entre as Ruas 20 e 22)
Centro – Barretos | SP

SÃO JOSÉ DO RIO PRETO

INCA | Instituto do Câncer - Rio Preto

Rua Jaci, 3134 – Vila Redentora
São José do Rio Preto – SP

fale conosco

CONTATO

Para agendamento de consultas, dúvidas, ou sugestões, fale com a gente!

BARRETOS

Instituto de Medicina Avançada (IMA)

SÃO JOSÉ DO RIO PRETO

INCA | Instituto do Câncer - Rio Preto

Open chat