Incontinência Urinária

Varicocele
6 de setembro de 2017
Fimose
6 de setembro de 2017
Exibir Tudo

Incontinência Urinária

O que é incontinência urinária?
É a perda de urina que não se consegue controlar. Muitos homens e mulheres sofrem de incontinência urinária. A incontinência urinária não é somente um problema físico. Ela pode afetar aspectos emocionais, psicológico e a vida social das pessoas. Muitos que têm essa condição têm medo de fazer suas atividades diárias normais para evitar expor o seu problema. Eles não podem ficar muito longe de um banheiro e evitam aglomerações de pessoas. Portanto, a incontinência urinária impede que as pessoas aproveitem a vida.
Muita gente acha que a incontinência urinária é um problema normal que surge com o envelhecimento. Mas isso não é verdade. E a incontinência urinária pode ser controlada e tratada. Converse com um urologista e descubra qual é a melhor opção de tratamento para você.

Tipos e Sintomas
a) Incontinência urinária de esforço – o sintoma inicial é a perda de urina quando a pessoa tosse, ri, faz exercício, movimenta-se;
b) Incontinência urinaria de urgência – caracteriza-se pela vontade súbita de urinar que ocorre em meio as atividades diárias e a pessoa perde urina antes de chegar ao banheiro;
c) Incontinência mista – associa os dois tipos de incontinência acima citados e o sintoma mais importante é a impossibilidade de controlar a perda de urina pela uretra.

Diagnóstico
Os dados importantes para o diagnóstico são o levantamento da história dos pacientes e a elaboração de um diário miccional onde deve-se registrar as características e frequência da perda urinária. Outro recurso para firmar o diagnóstico é o exame urodinâmico, que registra a ocorrência de contrações vesicais e a perda urinaria ao esforço.

Tratamento
O tratamento da incontinência urinária por esforço pode ser realizado através de fisioterapia ou cirurgia. Atualmente, a cirurgia de Sling, em que se coloca um suporte para restabelecer e reforçar os ligamentos que sustentam a uretra e promover seu fechamento durante o esforço, é a técnica mais utilizada e a que produz melhores resultados.
Para a incontinência urinária de urgência, o tratamento pode incluir orientações dietéticas e comportamentais, fisioterapia, uso de medicamentos para controlar as contrações involuntárias da bexiga. Em alguns casos refratários ao tratamento ou com efeitos colaterais adversos, pode ser necessário uso de toxina botulínica intravesical ou neuromoduladores. 

Fonte: Sociedade Brasileira de Urologia (SBU)